ATENÇÃO! Devido à situação de pandemia de Covid-19, alguns serviços tiveram seu procedimento alterado temporariamente para o atendimento online. Confira aqui.

Comitê de Relações Institucionais do CFQ define Agenda Legislativa 

O presidente do Conselho Regional de Química, Rafael Almada, esteve em Brasília nos dias 27 e 28 de janeiro, onde se reuniu com os demais membros do Comitê de Relações Institucionais do Sistema CFQ/CRQs (CRIG), do qual é o coordenador.

O objetivo do Sistema CFQ/CRQs ao construir uma Agenda Legislativa é marcar o posicionamento do Sistema sobre projetos que envolvem a Química, os profissionais e os conselhos profissionais e que tramitam no Congresso Nacional.

Definidas as posições do Conselho sobre essas propostas, a ação será junto a deputados e senadores para influenciar nas decisões e proteger os interesses da Química e da sociedade brasileira.

A Agenda também visa à criação de uma Rede Nacional de Assessorias Legislativas (Renalegis) própria do Sistema CFQ/CRQ e, a partir daí, replicar as diretrizes de atuação do Conselho Federal em nível local e fomentar a interlocução entre os conselhos regionais junto às Assembleias Legislativas e às bancadas federais de cada Estado – conforme previsto no planejamento estratégico do CFQ 2018-2028.

O trabalho do CRIG, já em andamento, identificou mais de 3 mil projetos de interesse. A proposta é afinar a busca até chegar a não mais que cem textos, que serão encaminhados para a etapa final de análise: o Seminário da Agenda Legislativa, que ocorrerá em Brasília, na sede do CFQ, nos dias 28 e 29 de abril.

Do Seminário, participarão conselheiros federais, presidentes dos conselhos regionais de Química e servidores do CFQ nas áreas afins – ao todo, o grupo de discussão terá entre 50 e 60 pessoas.

“A ideia do Seminário é, pela primeira vez, se posicionar frente aos projetos. Alguns estavam parados havia muito tempo, outros são recentes, mas o objetivo é pensar na atuação do CFQ na questão dos profissionais, na questão do próprio Sistema, dos conselhos profissionais”, explica o presidente Rafael Almada, que coordena os trabalhos do CRIG.

O objetivo deste trabalho é dar visibilidade e ressaltar a importância da Química e seus profissionais e mostrar aos parlamentares o posicionamento dos químicos sobre os temas que interessam ao Brasil, como diz o presidente do Conselho Federal de Química, José de Ribamar Oliveira Filho.

“É um avanço, e como todo avanço é bem-vindo. Muito importante que o Sistema CFQ/CRQ tenha força para se manifestar onde a nossa voz é mais desejável: no Congresso, a Casa dos grandes debates que definem os rumos do país”, afirmou o presidente do CFQ.