ATENÇÃO! Devido à situação de pandemia de Covid-19, alguns serviços tiveram seu procedimento alterado temporariamente para o atendimento online. Confira aqui.

Conselhos profissionais juntos em defesa da sociedade: no combate ao coronavírus, pela saúde pública e pela vida

Os Conselhos Profissionais signatários da presente manifestação ressaltam a importância do combate à pandemia de COVID-19 (SARS-CoV-2), realizada pelas três esferas do poder público, pela sociedade civil e pelos indivíduos. Compreendem a importância de uma abordagem interdisciplinar do tema e a essencialidade da opinião técnica, baseada em evidências para a tomada de decisão e para a viabilização do tratamento dessa demanda.

A doença COVID-19 foi classificada como Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII) – o mais alto nível de alerta da Organização Mundial de Saúde, conforme previsto no Regulamento Sanitário Internacional, no dia 30 de janeiro, e permanece no centro das discussões internacionais até o presente momento. No Brasil, até o dia 15 de abril, a doença já foi identificada em 29.015 pessoas e provocou 1.760 mortes, sendo a cidade do Rio de Janeiro um dos principais focos de contaminação no país.

É com surpresa que os Conselhos Profissionais recebem a notícia que há movimentos políticos que tentam suspender as medidas de isolamento social ou mitigá-las sem o devido lastro de testes para COVID-19 e expansão condizente de leitos na saúde pública.

Apesar dos avanços alcançados pelo estado, ainda persistem enormes desafios no combate à enfermidade. Os profissionais de saúde não têm encontrado equipamentos de proteção individual proporcionais ao desafio imposto e não há nenhuma garantia de que o sistema de saúde conseguirá atender à demanda de pacientes nas semanas que virão, caso as medidas não sejam mantidas.

Há grande anseio pela retomada da vida normal. Entretanto, diversos estudos apontam que a retomada será mais eficiente após avaliação criteriosa da situação, algo ainda impossível pela baixa testagem. Assim, os Conselhos Profissionais recomendam, nos mais fortes termos, que o isolamento social seja mantido e viabilizado. Afrouxar as regras de isolamento é extremamente preocupante no cenário atual. Existe um lapso temporal de pelo menos duas semanas da contaminação à manifestação de sintomas, sendo impossível afirmar, com segurança, que a população pode transitar internamente sem perpetuar a transmissibilidade do vírus no território.

Os Conselhos Profissionais aproveitam a oportunidade para agradecer a todos os profissionais que têm se dedicado a manter os serviços essenciais à sociedade em funcionamento e, especialmente, àqueles que arriscam a própria vida e a de seus entes queridos para ajudar no combate à pandemia.

É importante ressaltar que, neste momento, todos os países estão recorrendo ao isolamento como o recurso mais eficaz para controle da pandemia, evitando assim expor a população e, principalmente, aqueles que estão no enfrentamento ao novo coronavírus.

Subscrevem a presente manifestação os Conselhos abaixo relacionados:

  • Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ)
  • Conselho Regional de Estatística da 2ª Região, Rio de Janeiro (CONRE-2)
  • Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas do Estado do Rio de Janeiro – 1ª Região (CONRERP1)
  • Conselho Regional de Economia – 1ª Região (CORECON-RJ)
  • Conselho Regional de Museologia 2ª Região (COREM)
  • Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (COREN-RJ)
  • Conselho Regional de Biblioteconomia 7ª Região (CRB-7)
  • Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (CREA-RJ)
  • Conselho Regional de Economistas Domésticos II (CREDII)
  • Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região (CREFITO-2)
  • Conselho Regional de Fonoaudiologia – 1ª Região (CREFONO1)
  • Conselho Regional de Serviço Social – 7ª Região (CRESS/RJ)
  • Conselho Regional de Farmácia do Estado do Rio de Janeiro (CRF-RJ)
  • Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro (CRMV-RJ)
  • Conselho Regional de Nutricionistas 4ª Região (CRN-4)
  • Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro (CRO-RJ)
  • Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro (CRP-RJ)
  • Conselho Regional de Química – 3ª Região (CRQ-III)
  • Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado do Rio de Janeiro (CRT-RJ)
  • Conselho Regional de Técnicos em Radiologia do Rio de Janeiro 4ª Região (CRTR4)