ATENÇÃO! Devido à situação de pandemia de Covid-19, alguns serviços tiveram seu procedimento alterado temporariamente para o atendimento online. Confira aqui.

Coronavírus: Álcool gel é eficaz

Com a disseminação do coronavírus (Covid-19) mundialmente, é preciso ter bastante cuidado com as informações falsas, as fake news. Recentemente, um vídeo foi divulgado por um falso químico, que se diz autodidata, com informações incorretas a respeito do uso do álcool gel como antisséptico.

Ao contrário do que afirma o vídeo, o álcool gel, em concentração de 70%, é um eficiente desinfetante de objetos/superfícies e antisséptico de pele, capaz de matar vírus, fungos e bactérias, com uso indicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“É sempre importante buscarmos informações de fontes confiáveis e responsáveis, como os conselhos profissionais e órgãos oficiais de saúde. No caso do coronavírus, alarmismo e desespero não são bons conselheiros e informações falsas, menos ainda.”, afirma o presidente do Conselho Regional de Química – Terceira Região, Rafael Almada.

Abaixo, algumas orientações do Ministério da Saúde sobre a prevenção ao coronavírus:

  • lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, ou usar desinfetante para as mãos à base de álcool quando a primeira opção não for possível;
  • evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • ficar em casa quando estiver doente;
  • usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso;
  • não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal;
  • limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Outros cuidados importantes são manter ambientes bem ventilados e higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

Caso queira saber detalhes técnicos sobre o álcool gel, leia a Nota Oficial emitida pelo Conselho Federal de Química (CFQ).