CRQ-III, CREA-RJ, CAU/RJ e CREMERJ unidos pela fiscalização

O Conselho Regional de Química – Terceira Região (CRQ-III) esteve representado no encontro na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-RJ), na manhã desta segunda-feira, 29, que reuniu ainda o Conselho Regional de Medicina do Rio (CREMERJ) e o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ).

O chefe do setor de Fiscalização, Fábio Souza, representando o presidente do CRQ-III, Rafael Almada, esteve ao lado dos presidentes Luiz Antonio Cosenza, do CREA-RJ; Nelson Nahon, do CREMERJ; e Jefeson Salazar, do CAU/RJ.

O objetivo da reunião, que teve como foco a fiscalização de profissionais, tecnologias e demandas da sociedade, foi aproximar os conselhos, que já têm em comum a fiscalização como atividade-fim. Apesar disso, até agora não havia união de forças desses órgãos para aprimorar conjuntamente a atividade, a fim de melhorar a imagem dos conselhos perante os profissionais e a própria sociedade.

O presidente do CREMERJ, Nelson Nahon, enalteceu a iniciativa do CREA-RJ, enfatizando que o momento de crise política e econômica por que passa o estado do Rio de Janeiro pode ser oportuno para, além das questões da fiscalização, os conselhos se unirem e contribuírem para se criar uma saída para a recuperação do estado.

Sobre a fiscalização, o assessor Fábio Souza, em concordância com os demais conselhos, disse que o CRQ-III sofre com a mesma incompreensão de suas funções e atividades, tanto pelos profissionais quanto pela sociedade.

“O que o profissional às vezes não vê é que combater o exercício irregular da profissão é uma maneira de fortalecer e melhorar o mercado de trabalho”, disse Fábio.

Jeferson Salazar, presidente do CAU/RJ, lembrou que as diferenças entre os conselhos existem, são específicas, mas de modo algum os colocam em direções opostas.

O presidente do CREA-RJ, Luiz Antonio Cosenza, frisou que as portas daquele conselho estão abertas a todos, e que todos têm, além da fiscalização, o objetivo de servir e proteger a sociedade.

“Todos temos dificuldades, mas podemos solucionar muitas coisas juntos. Esta união e parceria não param por aqui. Estamos apenas começando”, afirmou Cosenza, aproveitando para dar as boas-vindas aos novos conselheiros do CREA-RJ que tomariam posse no mesmo dia.