Dados da Abiquim divulgam crescimento do setor de produtos químicos em 2016

O cenário do último bimestre de 2016 foi positivo em relação aos volumes de produção, vendas internas e demanda dos produtos químicos de uso industrial e registraram melhoras nas atividades do setor.

Em comparação com 2015, todas as variáveis que avaliam o desempenho da química fecharam positivas, principalmente com os resultados do segundo semestre: índice de produção (+4,04%), vendas internas (+3,92%) e consumo aparente nacional – CAN (+5,2%). O nível de utilização da capacidade instalada melhorou dois pontos, fechando com média de 80%, permanecendo uma ociosidade expressiva e que precisa ser preenchida para que o país volte a atrair investimentos no setor. Outro importante desafio é a dependência de matérias-primas e de insumos energéticos, o que explica boa parte da baixa dinâmica e da falta de competitividade dos últimos anos.