Dia Internacional das Pessoas com Deficiência: exemplos de vida

No dia 3 de dezembro comemora-se o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. O objetivo é gerar uma conscientização, compromisso e ações que transformem a situação dos deficientes no mundo. O CRQ-III entrevistou um belo exemplo de profissionalismo e perseverança: Washington Gonçalves da Silva, Gerente Industrial na Grande Rio Alimentos Ltda. Ele possui ‘anormalidades esqueléticas dos membros’ (um braço menor). Entre o sonho de ser químico até realizá-lo precisou superar muitos obstáculos.

“A desconfiança, com certeza, é o maior obstáculo a ser vencido, pois de uma pessoa portadora de necessidade especial, sempre ou quase sempre, é esperado uma correção nas suas atividades”, disse.

Segundo Washington, além das barreiras no mercado de trabalho, há ainda outra que pode influenciar e muito as pessoas com necessidades especiais: o desestímulo da família. “Às vezes, a falta de incentivo vem dos nossos próprios familiares, minam a nossa resistência com dúvidas se vamos conseguir executar aquela tarefa”, comentou e acrescentou: “A vergonha também é um problema crônico, não querer se expor, não manifestar o seu ponto de vista ou a sua opinião, temendo represálias. Por essas questões, o portador de necessidade especial muitas das vezes se cala”.

Apesar de ter conquistado os seus objetivos, ele não se esqueceu das milhares de pessoas com necessidades especiais que, em diversas situações, acabam desistindo de lutar pelos sonhos. Sobretudo, para aqueles que desejam ingressar na área da química, Washington Gonçalves deixou um recado:

“Sigam sempre a sua vontade, seus sonhos, seus ideais. A área da química é um universo transformador, sem barreiras, que sempre vai exigir de você dedicação, concentração e serenidade. Mas nunca esqueçam de que como se fôssemos um livro, a página virada só volta a leitura se quisermos”, concluiu.

washington-03-12-2016

Washington Gonçalves em seu ambiente de trabalho (Foto: Arquivo pessoal)