Método é responsável por degradar plástico em 15 dias

Pesquisadoras da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM) desenvolveram um projeto que consegue destruir o plástico em duas semanas, algo que normalmente leva até 500 mil anos. O objetivo é ampliar o alcance do método para a indústria ainda neste ano.

Para alcançar o resultado, Amelia Farrés e Carolina Peña utilizaram um tipo de enzima recombinante (produzida artificialmente). O coordenador Juan Manuel Romero Ortega ressaltou a relevância da descoberta para o meio ambiente. Segundo ele, a produção de plástico no mundo alcançou 311 milhões de toneladas em 2014.

Clique aqui e confira a apresentação (em espanhol) do projeto!