Nasa revela ao mundo a existência de sete planetas em um novo sistema solar

Após a descoberta, a Nasa anunciou que os sete planetas têm tamanhos semelhantes ao da Terra. O novo sistema solar, chamado de Trappist-1, está localizado em zona habitável, a cerca de 40 anos-luz (378 trilhões de quilômetros) da Terra, e apresenta condições climáticas adequadas, estruturas rochosas e a possibilidade de conservar água em estado líquido em sua superfície.

“Nós temos descoberto muitos exoplanetas, que são planetas em outros sistemas solares, e a grande novidade dessa descoberta é que são planetas do tamanho da Terra, que estão orbitando uma estrela a 40 anos luz daqui. Pode ser que tenha água nesses planetas, e, se tiverem, sendo do tamanho da Terra, pode ser que sejam habitáveis, mas ainda há muito o que descobrir”, disse Rosaly Lopes, cientista no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa e gerente de Ciência Planetária, em Pasadena, Califórnia.

Os estudos sobre o novo sistema planetário serão ampliados com o lançamento do novo telescópio espacial James Webb, previsto para 2018. Com o aumento da sensibilidade, o equipamento poderá detectar informações químicas de água, metano, oxigênio, ozônio e outros componentes da atmosfera dos planetas. Será possível também analisar as temperaturas dos globos e as pressões de sua superfície, fundamentais para a habitação.