OBQ faz reunião no CRQ-III

A Comissão Científica da Olimpíada Brasileira de Química (OBQ) foi recebida, na manhã desta quarta-feira, 21, pelo presidente do Conselho Regional de Química da Terceira Região, Rafael Almada, na sede do CRQ-III.

O grupo, formado por Paulo Chagas, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFRJ; Jonas Comin, do Conselho Regional de Química XIII Região; Francisco Dantas, do Departamento de Química da Universidade Estadual da Paraíba; Paulo Couceiro, do Departamento de Química da Universidade Federal do Amazonas, e Luiz Both, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – IFMT, se reuniu para fazer a elaboração das provas da Olimpíada Nacional, que acontecerão ao longo do ano. O calendário está disponível no site da OBQ.

Rafael Almada e membros da OBQ, representantes das cinco regiões do Brasil (Foto: @Ricardo.Masala / CRQ-III)

Para o presidente do CRQ-III, o estímulo ao conhecimento é uma estratégia importante para gerar bons profissionais e garantir o desenvolvimento.

“A Olimpíada é uma forma saudável de competição pelo conhecimento que estimula novos talentos e gera expectativa de novos profissionais nas áreas das ciências.”, falou Rafael Almada

A Comissão ficará reunida por três dias na sede do CRQ-III, que é um dos patrocinadores da Olimpíada de Química do Rio de Janeiro e tem histórico de participação em ações de educação na área da Química, assim como a OBQ. Além da ligação entre as entidades, a Comissão escolheu e solicitou a sede do CRQ-III pela estrutura e localização do Conselho, que prontamente atendeu à solicitação.

“Nosso principal objetivo é descobrir novos talentos para a academia e indústrias. Por isso, nada melhor que unirmos os esforços em prol de uma ideia comum: engradecer ainda mais a química no Brasil.”, afirmou Paulo Chagas, coordenador da OBQ no Rio de Janeiro.