ATENÇÃO! Devido à situação de pandemia de Covid-19, alguns serviços tiveram seu procedimento alterado temporariamente para o atendimento online. Confira aqui.

Por que o álcool 70% é mais eficaz como bactericida?

A palavra “álcool” refere-se a dois compostos químicos solúveis em água e que têm função germicida quando em concentração entre 55 a 75%. A quantidade de água no álcool é um fator importante para definir sua atividade antimicrobiana.

As concentrações mais comuns são:

Álcool etílico 46º INPM (46% em massa de álcool e 54% em massa de água) – usado apenas para limpeza de superfícies e sem nenhuma ação desinfetante;

Álcool etílico 70º INPM (70% em massa de álcool e 30% em massa de água) – usado como bactericida;

Álcool etílico 92,6º ou 92,8º INPM (92,6% ou 92,8% em massa de álcool e 7,4% ou 7,2% em massa de água) – usado na indústria química e na assistência à saúde;

Álcool etílico Absoluto ou PA (99,9% em massa de álcool e 0,1% em massa de água) – usado em laboratórios e na indústria química;

Álcool isopropílico 99,6º INPM – (menos de 1% em massa de água) – usado na indústria e na limpeza de eletrônicos.

Mas será que um álcool 99,9º INPM ou 99,6º INPM não seria melhor porque é mais concentrado que 70º?

A resposta é não!

Quando se utiliza o álcool com concentração de 99,6º, por exemplo, ele evapora rapidamente e não consegue penetrar o interior da célula e, portanto, não mata os microrganismos.

O álcool 46º, que tem 54% de água, não serve para matar vírus, fungos e bactérias.

O álcool 70% possui o melhor efeito bactericida porque a água facilita a entrada do álcool na bactéria e também retarda a evaporação, permitindo maior tempo de contato.

IMPORTANTE:
Álcool é um produto inflamável e deve ser mantido em local seguro, fora do alcance de crianças!

Para quem quiser saber mais:

°INPM: significa Instituto Nacional de Pesos e Medidas. O grau INPM é a fração em massa. Já o ‘grau GL é a fração em volume e também esta representação poderá ser encontrada em alguns fracos – °Gay Lussac (°GL= %V)