Programa Cientista do Nosso Estado premia conselheiro do CRQ-III

No dia 31 de janeiro, os governos federal e do Rio de Janeiro promoveram um evento para a assinatura de dois acordos de cooperação para o repasse de recursos aos centros de pesquisa no estado. A cerimônia também marcou a outorga de 348 bolsas pelo programa Cientista do Nosso Estado, tendo o conselheiro efetivo do Conselho Regional de Química – Terceira Região, Eduardo Falabella, como um dos pesquisadores contemplados.

O vice-presidente do CRQ-III, David Tabak, acompanhou a premiação e ressaltou a importância da premiação para a pesquisa e a ciência.

“É muito importante para a comunidade científica do Rio de Janeiro que os títulos tenham voltado a ser outorgados e o auxílio da Financiadora de Estudos e Projetos e da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do estado do Rio de Janeiro (Faperj) é essencial para a continuidade das atividades de desenvolvimento científico do estado”, afirmou David.

Os laboratórios devem receber os recursos de 2018 a 2022 da Faperj. Ao todo, estão previstos R$ 25 milhões. O diretor científico da instituição, Jerson Lima Silva, ressaltou a importância das iniciativas para solucionar a crise atual por meio da inovação e pesquisa.

“O evento é muito importante diante da situação difícil que o Rio de Janeiro passou nestes últimos três anos. Foram outorgados em torno de 350 cientistas e 166 jovens cientistas, que somarão forças aos mais de 1.000 cientistas em vigência. Vivemos um período em que precisamos encontrar saídas para nossa economia por meio da inovação e incentivo”, afirmou Jerson.

Em cinco anos, devem ser destinados ainda R$ 100 milhões para 19 institutos nacionais de ciência e tecnologia no estado do Rio de Janeiro. Outro acordo prevê que, em três anos, R$ 24 milhões serão repassados para a implementação do Programa de Núcleos de Excelência (Pronex).