Vidro líquido protege materiais com camada de escala nanomolecular

A tecnologia inovadora se baseia em moléculas de vidro, formadas por dióxido de silício (SiO²), um dos compostos mais abundantes na Terra. O revestimento de vidro invisível tem escala nanométrica (até 500 vezes mais finos que um fio de cabelo humano).

O vidro líquido é capaz de proteger praticamente qualquer tipo de superfície, facilitando a limpeza e durabilidade dos materiais. É a solução para muitos problemas em residências, indústrias, setor da saúde e na produção e manuseio de alimentos. Além disso, os revestimentos são indetectáveis, superfóbicos (repelem água e óleo), antimicrobianos, resistentes, flexíveis, suportam calor, são respiráveis, fisiologicamente inofensivos, fáceis de aplicar e ecologicamente corretos.

Fonte: EcoGlas