ATENÇÃO! Devido à situação de pandemia de Covid-19, alguns serviços tiveram seu procedimento alterado temporariamente para o atendimento online. Confira aqui.

Cuidados – Empresário da indústria de alimentos e distribuidores

Que cuidados o empresário da indústria de alimentos e distribuidores devem tomar para:

Evitar serem contaminados

  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos;
  • Evitar tocar o rosto, coçar olhos ou nariz e colocar a mão na boca. Caso seja necessário, realize lavagem das mãos com água e sabão e, se possível, faça assepsia com solução de álcool a 70%;
  • Portar sempre álcool a 70% para realizar de forma frequente a assepsia das mãos antes e após tocar objetos;
  • Utilizar máscara e seguir as orientações de uso, substituindo-a depois de 2 horas de uso ou assim que ficar úmida, por nova máscara limpa e seca.

Ao entrar na indústria

  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos;
  • Usar EPIs como máscaras, luvas e toucas, seguindo orientações sobre uso e descarte, e ter vestimenta ou uniforme limpo;
  • Usar álcool 70% nas mãos após tocar utensílios, superfícies de equipamentos e materiais administrativos coletivos usados na produção (pranchetas, papel, canetas);
  • Evitar tocar o rosto, coçar os olhos ou nariz e colocar a mão na boca; e, caso seja necessário, realizar a lavagem das mãos com água e sabão e, se possível, fazer a assepsia com solução de álcool a 70%;
  • Efetuar limpeza/desinfecção frequente das superfícies de trabalho e pontos de contato como maçanetas, teclados, dispensador de copos descartáveis, utensílios e outros;
  • Evitar contato próximo com qualquer pessoa que demonstre sintomas de doenças respiratórias, como tosse e espirros;
  • Ao tossir ou espirrar sem o uso da mácara, cobrir boca e nariz com as mãos, lavando-as e desinfetandoas imediatamentea seguir;
  • Manter o distanciamento social (de 1,5 a 2 m);
  • Não circular com a mesma vestimenta ou uniforme fora do ambiente de trabalho;
  • Realizar, caso seja necessário, a instalação de pias para a adequada higienização de mãos, com disponibilidade de sabão líquido, álcool em gel, luvas e máscaras;
  • Manter escritório ou sala da direção em condições adequadas de higiene;
  • Manter sala ou local isolado arejado, com pia para higienização das mãos, para repouso e isolamento de funcionário que repentinamente apresente sintomas da Covid-19, até que haja atendimento médico.

Evitar que consumidores sejam contaminados

  • Garantir que o Sistema de Gestão da Segurança dos Alimentos funcione conforme orientações dos órgãos de regulação/fiscalização, MAPA e ANVISA, onde programas de pré-requisitos (BPM – Boas Práticas de Manipulação, BPF – Boas Práticas de Fabricação e PAC – Programas de Autocontrole) devem ser trabalhados com rigor, para garantir a segurança dos alimentos e, principalmente, a segurança dos consumidores.

Proteger seus funcionários de possível contaminação

  • Elaborar instruções escritas (por exemplo, folhetos, boletins e cartazes) e protocolos padronizados para capacitar/orientar todos os colaboradores sobre como evitar a propagação da Covid-19;
  • Utilizar quadros ou placas informativas sobre os sintomas da Covid-19 (febre, cansaço, falta de ar, dor de garganta, dificuldades respiratórias, perda de paladar ou olfato, tosse de qualquer tipo e não apenas seca), para que funcionários possam reconhecer e procurem o atendimento médico, de forma a minimizar o risco de infecção de outros colaboradores;
  • Reforçar as orientações das Boas Práticas de Fabricação (RDC 275/02 e RDC 216/04, do Ministério da Saúde) sobre as operações de higiene, para evitar e minimizar a disseminação do novo coronavírus que causa a doença Covid-19;
  • Disponibilizar e instalar, caso seja necessário, um maior número de pias para adequada higienização das mãos, com disponibilidade de sabão líquido, álcool em gel a 70%, luvas e máscaras;
  • Disponibilizar, quando possível, local isolado e arejado, para repouso e isolamento de funcionário que repentinamente apresente sintomas da Covid-19, até que haja a avaliação e acompanhamento adequado;
  • Evitar, se possível, que funcionários usem transporte público em horários de pico. Caso o transporte seja próprio da empresa, orientar sobre o uso obrigatório da máscara facial ao embarcar no veículo;
  • Realizar o manejo da área de alimentação, de modo a evitar que os colaboradores utilizem o espaço ao mesmo tempo.

Orientações para funcionários e colaboradores

  • Evitar ficar próximo de pessoas com sintomas de doenças respiratórias (tosse e espirros);
  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos;
  • Usar EPIs como máscaras, toucas e luvas, seguindo orientações sobre uso e descarte, além de uniforme limpo;
  • Limpar frequentemente as superfícies de trabalho e pontos de contato, como maçanetas, teclados, dispensador de copos descartáveis, utensílios e outros;
  • Usar álcool 70% nas mãos após tocar em superfícies de equipamentos, utensílios e materiais administrativos coletivos utilizados na produção (pranchetas, papel e canetas);
  • Evitar tocar rosto, coçar olhos ou nariz e colocar a mão na boca; e, caso seja necessário, lavar as mãos com água e sabão e se possível faça assepsia com solução de álcool a 70%;
  • Manter distanciamento social (de 1,5 a 2 m);
  • Garantir que as estações de trabalho tenham a distância adequada entre si;
  • Não circular com a mesma vestimenta ou uniforme fora do ambiente de trabalho;
  • Insumos, matérias primas, notas fiscais e documentos devem estar em embalagem plástica transparente e ser desinfetados antes da entrega na indústria, para serem abertos por funcionário treinado e protegido, seguindo normas estabelecidas.