CFQNotícias cobre live sobre vacinas do CRQ-III

O #CFQNotícia cobriu a Live do CRQ-III sobre Vacina, com a Dra Elba Lemos, pesquisadora da Fiocruz.

#CFQNotícia | Qual a importância das vacinas para a humanidade ao longo da história? Com o objetivo de responder essa pergunta, o CRQ III (RJ) promoveu uma live com a chefe do laboratório de hantaviroses e rickettsioses do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), Dra. Elba Lemos, sob a condução do presidente do CRQ III, Rafael Almada.

A conversa contemplou a história das vacinas, o combate às fake news, a contribuição indispensável do Sistema Único de Saúde (SUS) na imunização no Brasil e os riscos dos movimentos antivacinas.

Partindo de uma visão mais ampla sobre como funciona e para que servem as campanhas de imunização, Elba esclareceu diversas dúvidas que permeiam este cenário. “O sarampo, por exemplo, não foi erradicado. Quando se fala em erradicar significa que o vírus não existe mais no mundo. Quando se fala em eliminar, o vírus continua circulando, mas não há casos em humanos. Sobre o sarampo, o Brasil adquiriu da OPAS o certificado de eliminação, pois não havia mais casos”, afirmou.

No entanto, segundo a doutora, o sarampo voltou a atingir o Brasil devido à imigração de venezuelanos no país, provocando um novo surto da doença. Para Elba Lemos, a explicação para a transmissão se dá pela falta de cobertura vacinal. De acordo com a especialista, para que uma população esteja protegida é necessária uma taxa de vacinação de 95%. Para enfatizar seu argumento, ela apresentou dados que evidenciam uma sensível diminuição nas taxas de cobertura vacinal no Brasil ao longo dos anos.

A conversa também tratou sobre a vacinação para a #Covid19 e as fake news acerca deste assunto. Quer saber mais? Acesse nosso site: https://bit.ly/live-vacinas