Olimpíada de Química RJ premia os vencedores de 2021

O presidente do Conselho Regional de Química – Terceira Região (CRQ-III), Rafael Almada, participou da cerimônia de premiação dos vencedores das Olimpíadas de Química do Rio de Janeiro, na sexta-feira, 18 de fevereiro.

O presidente Rafael fez parte da mesa de abertura do evento, juntamente com os organizadores da OQRJ Luis Carlos Gomes, vice-presidente da Associação Brasileira de Química (ABQ) e coordenador da OQRJ, o professor Paulo Chagas, professor do IFRJ e coordenador da OQRJ, professor Matheus Costa, do Colégio Pedro II, e a professora Luiza Albuquerque, do SESI e Colégio PENSI.

O presidente Rafael Almada destacou a importância da Olimpíada, que envolve estudantes que não são especificamente da Química, mas cuja premiação pode ser um estímulo para que se tornem profissionais da área.

“Essa iniciativa tem importância além da Química. Tem importância para o desenvolvimento da ciência, como um todo. E ver essa premiação nos remete a um rejuvenescimento na ciência, na Química, com futuros profissionais que vão pensar, à sua maneira, e entender a importância da ciência para o mundo.”, afirmou Almada.

O presidente destacou ainda o papel fundamental dos professores nesse processo de condução desses possíveis novos cientistas e pesquisadores, principalmente no momento que é extremamente necessário reforçar o papel crucial da pesquisa e da ciência para o bem-estar de toda a sociedade.

OS organizadores da OQRJ relembraram a parceria do CRQ-III e da ABQ como potencial no desenvolvimento dos estudantes e consequentemente do estado e do país, com a valorização da ciência, no cenário em que o negacionismo ameaça a pesquisa e a educação.

A cerimônia teve a premiação dos estudantes vencedores da Olimpíada de Química Júnior (8° e 9º ano do Ensino Fundamental), da Olimpíada Brasileira de Química, Olimpíada Brasileira do Ensino Superior de Química e da XVI Olimpíada de Química do Rio de Janeiro, nas categorias EM 1, 2 e 3.

Os vencedores da OQRJ, nas modalidades EM 1 e 2, participam, no ano seguinte à premiação, da Olimpíada Brasileira de Química e têm a possibilidade de chegarem até a participação na Olimpíada Internacional.

Perdeu a cerimônia? Assista a gravação completa em nosso canal no youtube: